Home Diversos OS 3 FATORES DE UM RELACIONAMENTO AFETIVO AMOROSO QUE PODE PREJUDICAR A SUA CARREIRA PROFISSIONAL

OS 3 FATORES DE UM RELACIONAMENTO AFETIVO AMOROSO QUE PODE PREJUDICAR A SUA CARREIRA PROFISSIONAL

7 min ler

Todos os dias vemos em diversas mídias várias informações acerca de relacionamentos amorosos, vários debates, várias discussões, várias experiências negativas em fim… é algo que realmente nos assusta e soa como algo complicado de entender.

Todos nós sonhamos com uma bela carreira profissional em constante evolução e com um belo relacionamento amoroso que de preferência seja a longo a prazo.

Em tudo o que fazemos, é preciso haver um certo equilíbrio e o mesmo se aplica a uma carreira profissional e um relacionamento amoroso, é primordial saber equilibrar esses 2 fatores para que um não prejudique o outro, por essa razão, aqui você encontrará 3 fatores de um relacionamento amoroso que pode prejudicar a sua carreira profissional caso não seja analisado, revisado e resolvido.

Leia com atenção e aplique em sua vida as dicas abaixo para que você seja mais feliz nessas 2 áreas…

1. Levar o trabalho para o relacionamento e o relacionamento para o trabalho.

Quando você leva o seu relacionamento para o seu trabalho dificilmente você conseguirá associar as 2 coisas e levar a sua carreira profissional ao sucesso e quando você leva o seu trabalho para o seu relacionamento, dificilmente você conseguirá associar as 2 coisas e fazer do seu relacionamento um sonho feliz.

É claro que existem pessoas que conseguem essa façanha, porém, existem pessoas que não conseguem!

Quando estiver no seu trabalho, procure se desligar completamente do seu relacionamento amoroso para poder se dedicar 100% na sua produtividade e quando estiver com a sua parceira (o) se desligue completamente do seu trabalho para poder se dedicar 100% ao seu relacionamento.

2. Ter filhos antes de se tornar um profissional.

Para esse tópico tenho uma experiência interessante para compartilhar com você:

Há algum tempo atrás um conhecido cursava o terceiro ano em direito e quando estava quase terminando o terceiro ano ele teve que trancar a faculdade por falta de dinheiro, perguntei o que havia ocorrido, e ele me respondeu:

É que a um ano atrás eu engravidei a minha namorada, após a minha filha nascer os gastos aumentaram, e como sou um cara que trabalha para poder pagar o meu curso de direito o dinheiro ficou curto, então tive que escolher em pagar a faculdade ou cuidar da minha filha.

Como os pais dele não tinham recursos para poder ajudá-lo, ele teve que tomar essa decisão!

Acredito que ele tomou a decisão correta, porém, o sonho de trabalhar exercendo direito ficou ainda mais difícil de ser alcançado devido a uma noite de prazer com a namorada sem consciência do que aquilo poderia causar em um futuro próximo.

Não estou dizendo que você não deve se relacionar com a sua namorada antes de se tornar um profissional, mas a prevenção é a melhor forma de evitar um futuro indesejado, e para se prevenir, existem inúmeras formas!

3. Procrastinar com a sua amada (o) durante os horários onde você deve se dedicar a sua carreira profissional.

Em uma época onde a comunicação vem avançando de forma extraordinário, vemos que é possível se manter perto da pessoa amada dando nela algumas cantadas e alguns carinhos mesmo estando longe através do uso de aplicativos, ou de outras plataformas de bate papo.

Isso é muito bom, mas, ao mesmo tempo, é ruim!

Já vi inúmeras vezes pessoas durante o trabalho, estudos e em outras tarefas deixando a responsabilidade de lado para poder se entreter com a sua namorada, namorado, esposa, esposo em fim…

Deixar o trabalho de lado, um estudo acerca da sua área profissional, um encontro profissional para poder sair ou se entreter com a sua amada (o) durante o tempo específico para isso seria sabotar a sua carreira profissional.

O mais indicado aqui seria dividir o tempo o deixando bem organizado para que ambas andem rumo a sucesso.

Tenha em mente que sua vida deve sempre progredir e nunca regredir. Reveja as suas atitudes e comportamentos e veja no que eles podem te beneficiar em um futuro a longo prazo.

(EVAN WANDERKAY)

fonte: administradores

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Walmei
Carregar mais em Diversos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Verifique também

O AMBIENTE PODE SER RESPONSÁVEL POR DOENÇAS MENTAIS?

Follow me É difícil sair do cinema sentindo-se exatamente da mesma forma que entrou após a…