Home Reflexões OS 12 FATORES PARA COLOCAR LIMITES PARA TUA VIDA

OS 12 FATORES PARA COLOCAR LIMITES PARA TUA VIDA

11 min ler
OS 12 FATORES PARA COLOCAR LIMITES NA TUA VIDA

Para colocar limites nas nossas vidas, necessitamos de colocar “bordas de amor” que nos protegem para termos relacionamentos mais saudáveis, obter alegria e uma vida com felicidade. Ler coisas de ajuda pessoal vai nos ajuda a ganharmos consciência.

Por isto é fundamental colocar limites e se auto amar.

Vamos aos 12 fatores de bordas e limites que devemos saber para colocarmos em nossas vidas:

1- Suas relações tendem a ser difíceis ou dramáticas: Dificuldade de cuidar de nós mesmos nos leva a correr atrás de pessoas que desejam nos controlar ou cuidar de nós. Com o tempo isto vai virando frustração, pois, estamos nas mãos dos outros, preocupados com que eles sentem ou pensam de nós, o que querem, e então, acabamos passando sinais de que alguém precisa cuidar de nós, assim temos relacionamentos com pessoas mandonas, invasivas e abusivas. Então, é preciso colocar ‘BORDAS DE AMOR’ e assim se auto amar.

2- Tomar decisões para você é um grande desafio: Um senso de self é abarroado, amassado pelo mundo, sempre dizemos sim, mas morrendo de medo de dizer não, procuramos fazer o que agrada aos outros, mas perdemos o nosso senso de self, tornando impossível tomar decisões, por que procrastinamos, e quando vamos tomar uma decisão, dá um branco, isto é falta de bordas de amor e limites para nós mesmos.

3- Decepcionar jamais: Muitos odeiam decepcionar os outros, dizemos apenas sim e passamos uma vida inteira correndo a vida dos outros, o problema disto é que estamos ali, numa angústia, sem atender nossas necessidades por que não podemos decepcionar ninguém. Isto é falta de colocarmos bordas de amor e limites para nós mesmos.

4- Culpa e Ansiedade: Sentimos responsável de como os outros se sentem, pensam, e isto gera uma ansiedade permanente, nos deslocamos de nós mesmos por falta desta fronteira do que é seu e do outro. Este é um caso de colocarmos Borda de amor, também.

5- Cansaço: Um cansaço sem razão aparente. A questão de que quando gastamos muito tempo fazendo o que os outros querem, deixando nossas próprias necessidades, nossas vidas, agendas, deixamos tudo por último e isto é exaustivo. Ficar atendendo a agenda dos outros é terrível, enfim, aqui não temos a própria agenda. Aqui é preciso colocarmos limites, enfim, uma borda de amor.

6- Radar Quebrado: Ou falamos demais e contamos coisas da nossa intimidade para pessoas que mal conhecemos ou dificultamos as pessoas que querem participar da nossa vida. Tem dificuldades de expressar nossos desejos para uma outra pessoa. Enfim, é necessário colocar bordas de amor e limites para este problema.

7- Vítima frequente das situações: Tiram vantagem de nós subjetivamente ou objetivamente, não é verbalmente, sendo menosprezado ou culpado na família, no meio social, uma vez que você não conhece suas necessidades e não colocamos com naturalidade, a sensação que temos é que estão tirando vantagem de nós. Isso é colocarmos Bordas de Amor.

8- Um pouquinho irritado o tempo todo: Vai se gerando frustração por não honrarmos nossos valores e desejos, também, um constante medo do que os outros vão pensar e uma culpa de desejar, como se não merecessemos em desejar. Isto é falta de bordas de amor.

9- Secretamente sentem que os outros não te respeitam: Aqui se refere a como esperamos ser tratados, a falta delas nos faz sentir que não somos respeitados e invadidos e, curiosamente, não enxergamos a borda dos outros e acabamos invadindo o limite deles, forçando a amizade e desrespeitando os outros. Aqui, também, precisa ser colocado limites e bordas de amor.

10- Passivo/Agressivo: A pergunta é sim ou não? Atendemos nossas necessidades? O que queremos? Quando suspendemos nossas necessidades vamos vivendo num mundo de frustrações em que o comportamento passivo e agressivo vai tomando espaço. É importante lembrar que a vida é sua responsabilidade e não do outro. Precisamos colocar bordas de amor aqui, também.

11-  Você pensa a todo momento: Quem sou eu? Este self vai se perdendo, são tantas pessoas que ficam dizendo que você deve pensar, sentir e assim ficamos meio liquido, perguntando quem somos realmente, pois a síndrome de bom menino de atender as expectativas dos outros faz com que tenhamos dificuldades de sabermos qual o nosso propósito, pode se tornar um desgaste a estabelecer metas e assim pintar uma crise de identidade por termos valores soltos. E aqui, também, temos necessidades de nos colocarmos limites e bordas de amor.

12- Medo secreto de ser rejeitado e abandonado: Aqui você não tem limites e tenta conquistar algum amor e sem bordas você tem relações difíceis e de muita solidão, por que as bordas de amor é que faz acontecer, é o que nos protege.

Perguntas de pessoas que não tem bordas e não estabelecem limites:

Quanto me preocupo com que as pessoas pensam de mim?

Eu me culpo por querer fazer as coisas só?

Qual foi a ultima vez que você disse não a alguém?

Qual foi a ultima vez que você disse sim para alguém?

Quando você disse sim para algo, quantas vezes, secretamente, você estava dizendo não pra si mesmo?

Eu sinto que mereço respeito, crescer, por que vou conquistar sendo legal com as pessoas?

Quais as 5 regras para ser meu amigo? É rápido e fácil saber disto?

Quais as 10 coisas preferidas que gosto?

Quais as 10 coisas que odeio?

Quando penso dizer não eu sinto medo ou calma?

Enfim, estas perguntas é pra colocarmos limites para nós e para evitarmos abusos emocionais e financeiros. E quando colocamos as bordas de amor, as pessoas nos respeitam melhor, quando a pessoa não tem facilidades de limites ela atrai a pessoa que tem o desejo de controlá-las, já que um relacionamento afetivo que precisamos dele está fadado ao fracasso. Pois quando você não se dá o respeito em nada você pega qualquer coisa, se deixar invadir e sem atender as suas necessidades.

(Claudia Riecken – Psicanalista)

Fonte: Canal claudia Riecken

 

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Walmei
Carregar mais em Reflexões

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Verifique também

COMO VOCÊ SABE QUE ESTÁ NUM RELACIONAMENTO ABUSIVO?

Follow me Você tem ideia de como identificar se você está num relacionamento abusivo? Pois…