Home Metáforas O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA?

O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA?

12 min ler
O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA?
pin - O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA?

O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA? Com certeza ela tem muitos recados a nos dar, mas resolvi a me apegar a três ensinamentos muito importantes:

O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA ATRAVÉS DA LAGARTA?

Em um momento da história, Alice pergunta para lagarta: “Como eu posso crescer?” , a Lagarta responde: “Alice, coma o cogumelo! porém, um lado do cogumelo serve para crescer e outro lado serve para  diminuir!” e alice olha para o cogumelo e não vê nenhum marcação.

Então, pergunta, novamente: “Como sei que um lado cresce e de outro diminui?” 

E assim a lagarta se mandou. Alice estende os braços, tira um pedaço de cogumelo de um lado e do outro pra perceber que um lado crescia e outro diminuía. Mas, o que isto tem a ver com nós? Quem é o cogumelo?

O cogumelo representa o MUNDO! O mundo sem DEFINIÇÕES, sem MARCAÇÕES.

O cogumelo não tem marcação de lados, portanto, diante de um mundo sem definições, Alice, DÁ UMA DEFINIÇÃO PARA O MUNDO E VIVE DE ACORDO COM A DEFINIÇÃO QUE ELA DEU.

Esta passagem do cogumelo mostra que ele não tem demarcações, sinais que apontam uma direção, uma flecha que diz que aumenta e diminui, o cogumelo é neutro, portanto, cabe a Alice construir as convicções e viver de acordo com elas.

O MUNDO NÃO ESTÁ PRONTO EM DEFINIÇÃO

O mundo não está pronto objetivamente, não há nada no mundo em si que o defina! Mas somos nós que definimos o mundo, já que não há critérios que digam o que é certo ou errado no mundo, pois quem constrói os critérios é cada um dos seres humanos.

Portanto, o cogumelo é o mundo e ele mostra que não existe uma caixinha mágica dizendo por onde ir, não há critérios objetivos pra julgar a realidade ou critérios morais objetivos pra dizer se isto é bom.

Não há nada natural! na natureza não tem nenhum recado mágico, nenhum mosquito poderoso pra dizer no nosso ouvido o que fazemos e por onde devemos ir. Enfim, como não tem essa direção, Alice definiu o que ia viver.

Moral da história: É você que dá uma definição para o mundo, você INTERPRETA os teus SOFRIMENTOS da maneira que quiser.

alice - O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA?

O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA ATRAVÉS DO GATO?

Outra passagem da história que me chamou a atenção é o diálogo entre o Gato e Alice, aliás, o gato se expõe de ser o SER CONSCIENTE daquele mundo, então, é o único ser que sabe quem ele é. Tem uma cena em que o Gato está parado numa árvore, e então, Alice, pergunta:

“Para onde devo ir?”

 O Gato responde:

“Eu não sei! Depende: Pra onde você quer ir? Se você não sabe qual lugar onde você vai, pra qualquer lugar você pode ir. Por este lado você encontra a lebre de março e por outro lado você encontra o chapeleiro, os dois são loucos!”

Alice responde:

“Mas eu não quero achar gente louca!”

O Gato responde:

“Você não pode evitar! Todos aqui somos loucos!”

Quer dizer: O caos está em nossa volta e a missão de cada pessoa é se conscientizar, se equilibrar, se reconstruir e se misturar aos “loucos” pra ajudá-los a sair da loucura. É impossível fugir do mundo! Estamos aqui para nos reconstruir, objetivo alcançado, partimos pra ajudar os outros.

O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA ATRAVÉS DO JOGO DE CROQUETES?

Numa outra passagem Alice encontra a rainha de copas e num certo momento convida-a para jogar croquetes. Elas começam a jogar, mas Alice, percebe que quando ela vai bater na bolinha o taco era um flaminco. Então, quando bate o taco, desobedece! e sai da direção da bolinha.

Já a bolinha era um bicho (furão), mas quando vai entrar no buraco, ele muda de direção e isto acontece com as argolas, também. E então, Alice percebe que todos estes bichos não tem comportamento igual com todos. No fundo o jogo todo era organizado para a rainha de copas vencer e assim o jogo acaba sendo injusto.

A rainha tem privilégios no jogo que lhe dará a vitória, mas por que ela tem estes privilégios? Por que ela é a dona do jogo! a poderosa! a dominante do jogo! ela tem o poder de cortar as cabeças! Como ela tem poder, então define o jogo, mas SÓ ALICE PERCEBE QUE O JOGO ERA INJUSTO.

QUAL A REPRESENTAÇÃO DO JOGO DE CROQUETES?

O jogo de croquetes é apenas uma representação do que acontece em nossa volta. É a nossa vida no dia a dia, o mundo que vivemos é um grande jogo. Ele tem regras a ser cumpridas, tem instituições nos manipulando e a nossa sociedade não é justa com todos os jogadores.

E nós temos a ilusão que temos os mesmos direitos, não! Temos apenas os mesmos deveres, por que no fundo as famílias dominantes da nossa sociedade e as instituições controlam tudo, inclusive, o conhecimento passado pra você.

Walmei Junior
Consultor Motivacional
Empreendedor Digital

q? encoding=UTF8&ASIN=8594541759&Format= SL250 &ID=AsinImage&MarketPlace=BR&ServiceVersion=20070822&WS=1&tag=passarpelasba 20&language=en US - O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA?ir?t=passarpelasba 20&language=en US&l=li3&o=33&a=8594541759 - O QUE ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS NOS ENSINA?

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Walmei
Carregar mais em Metáforas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

COMO VOCÊ PODE DESENVOLVER A SUA RESILIÊNCIA?

Follow me VOCÊ PODE DESENVOLVER A SUA RESILIÊNCIA? Antes de responder esta per…