Home Metáforas Copo d’água com sal

Copo d’água com sal

4 min ler

Um jovem se queixava a um mestre zen a respeito das dificuldades que ele vinha passando, pois sua vida era muito sofrida, com diversas dores, e isto lhe mantinha muito triste. Então um dia o jovem queria saber como poderia  passar pelas tristezas, dores, já que era uma adversidade muito grande e complicada. Aí o mestre entrou com o jovem para dentro de sua cabana e mostra uma tigela com sal e pede para ele encher sua mão, aí o mestre pegou um copo d’ água e pediu para o jovem mergulhar sua mão dentro do copo e

diz:

“Sacode copo e beba!”

O jovem bebe e responde:

“Nossa! que horrível!”

Aí o mestre pede que ele repita a mesma operação, mas agora mergulhando sua mão num rio. Aí o mestre ordena:

“Agora prove a água do rio”.

Jovem bebe, novamente, e responde:

“Deliciosa! fresca! tem o sabor maravilhoso!

Aí o Mestre pergunta:

“O que foi que mudou? O sal? a quantidade ou sabor?”

Ou seja: Não se trata de mudar as adversidades da vida, trata-se de você se transformar de copo em rio, e assim as adversidades não salgarão mais sua vida. Não lute contra as adversidades! ele são o que são! e sempre serão! transforme você de copo em rio. Cresça! amplie! e vai perceber que estas adversidades já não mudarão a tônica de sua vida.

Aliás, existe uma máxima de um filósofo chamado Epíteto, na qual era escravo, que um dia lhe disseram:

“Você é um escravo e se acha um filósofo!”

E ele dizia:

Você sabe que é um escravo? É aquele que não pode mudar uma situação e fica lutando e naquilo que pode mudar não faz nada, isso é um escravo.”

Ou seja: mudar o sabor e a quantidade de sal não dá pra mudar, mas mudar o copo em rio dá. Não dá pra fugir do trânsito, mas dá pra sair mais cedo de nossa casa. Então, escravidão para Epíteto é ficar LUTANDO CONTRA AQUILO QUE NÃO PODEMOS e FICAR PASSIVO NO QUE PODEMOS MUDAR.

(Prof Lucia Helena Galvão)

 

 

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Walmei
  • A VACA NO PRECIPÍCIO

    A VACA NO PRECIPÍCIO

    Follow me Um sábio passeava por uma floresta com seu fiel discípulo, quando avistou ao lon…
  • O CASTELO DOS ESPELHOS

    Follow me Era uma vez…  um castelo medieval habitado por um rei, uma rainha, e toda …
  • COMO RESOLVER CONFLITOS

    A ARTE DE RESOLVER CONFLITOS

    Follow me O trem atravessava sacolejando os subúrbios de Tóquio numa modorrenta tarde de p…
Carregar mais em Metáforas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Verifique também

QUE CEGUEIRA! OS SERES HUMANOS NÃO VIVEM O PRESENTE

Follow me Você acha que vive o presente? Claro que não! sei muito bem por mim mesmo! Sei o…