Home Diversos APAGAR MEMÓRIAS RUINS

APAGAR MEMÓRIAS RUINS

4 min ler
A revista Super Interessante de outubro de 2012, traz uma matéria sobre as pesquisas para apagar memórias ruins seletivamente. O neurocientista Karim Nader está fazendo a pesquisa. Descobriu que se bloquear uma proteína apaga a memória que está sendo lembrada naquela hora. O neurologista Todd Sacktor, da Universidade Columbia, encontrou a proteína PKMzeta.
Outra pesquisa da McGill University e da Harvard Medical School descobriu que o propranolol, usado para pressão alta, altera memórias inibindo a atividade de neurotransmissor norepinefrina.
Sugiro a leitura do artigo inteiro.
Em relação à memórias armazenadas no Corpo Emocional, é possível limpar este corpo, deixando apenas o Corpo Mental intacto. Desta forma a pessoa conserva a memória do fato sem a carga emocional destrutiva. Preserva-se todo o aprendizado e experiência sem o transtorno emocional. Isso é o que faz a Ressonância Harmônica. A pessoa está livre para crescer e evoluir sem estar paralisada pelos traumas, sejam quais forem. Isto permite a cura total. Existem centenas de milhões de pessoas com esse problema.
Os casos de Personalidade Múltipla são típicos de traumas contínuos ou não. Todo evento causa a gravação de um engrama no cérebro. Neste engrama estão todas as percepções daquele momento: sons, imagens, sabores, tato, olfato, sugestões etc. Tudo é gravado num único registro. Fica como um banco de dados relacional. Qualquer uma destas informações pode ativar novamente a memória do trauma.
Quanto maior o trauma, mais a consciência criará compartimentos para armazenar esses engramas e conscientemente “esquecê-los”. Isso cria “departamentos” na consciência, que são “personalidades independentes”. Isso é que dá a ideia de personalidades múltiplas.
Podem ser criados N destes “departamentos” com traumas específicos, acionados por um “gatilho”, que pode ser uma palavra, som, toque, movimento, etc. Se uma pessoa for sistematicamente traumatizada, ela poderá ter dentro de si inúmeras personalidades, programadas ou não, capazes de agir sem a consciência total da ação.
Temos desta forma robôs humanos dormentes, capazes de serem ativados a qualquer momento para executarem uma determinada programação. Essa programação pode ficar dormente por décadas sem nenhuma perda de eficiência.
Desta forma vejam que se um trauma não for curado ele dominará a vida da pessoa para sempre. Percebem a conexão que existe entre isso e a auto-sabotagem? Sempre que chega num determinado ponto um comportamento é ativado e destrói tudo que estava sendo construído.
Ainda bem que existe solução para tudo isso.
Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Walmei
Carregar mais em Diversos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code

Verifique também

O QUE PODEMOS APRENDER COM O SOL?

Follow me A ideia do sol, o que ele pode nos ensinar, vem muito bem expresso no Mito da Ca…